Domingo Surpresa – Indo além do mundo Microsoft no Azure


Olá Wiki Ninjas Brasil!

Sejam muito bem-vindos a mais um Domingo Surpresa.

Embora esteja fortemente integrado aos principais produtos Microsoft, o Azure também conta com um excelente suporte a tecnologias criadas por outros fornecedores. Algumas destas soluções eram consideradas ainda há pouco concorrentes da própria Microsoft, o que mostra a preocupação da companhia em oferecer serviços de qualidade na nuvem e que atendam a qualquer tipo de demanda.

Outro aspecto que merece ser ressaltado é a presença também de tecnologias abertas dentro do Azure. Inúmeras alternativas populares na área de desenvolvimento de software, banco de dados e infraestrutura podem ser utilizadas na nuvem e, até mesmo, combinadas a produtos Microsoft de forma a se obter o máximo de aproveitamento na implementação de um projeto.

Um bom exemplo disso é o Azure App Service, opção no segmento de PaaS (Plataform as a Service) que integra o Microsoft Azure. Além permitir a hospedagem de projetos Web, mobile e APIs REST construídos com o .NET Framework, o App Service também é compatível com soluções implementadas em Node.js, Java, PHP e Python. Esse suporte a diversas plataformas de desenvolvimento também está presente no Application Insights, um serviço oferecido pelo Azure que permite o monitoramento de sistemas Web escritos em .NET, Node.js, Java, Python, PHP e Ruby.

No segmento de IaaS (Infrastructure as a Service) o Azure conta também com várias alternativas. Além de opções envolvendo a criação de máquinas virtuais Windows, existe ainda a possibilidade de uso de distribuições Linux como Ubuntu, Red Hat, Suse e CoreOS.

Já no que se refere a tecnologias de bancos de dados relacionais, soluções bastante populares no mercado também estão disponíveis dentro do Microsoft Azure. Exemplo disto é o suporte a produtos como Oracle Database, PostgreSQL e MySQL (além da existência de máquinas virtuais com diferentes versões do SQL Server). O mesmo se aplica a Big Data e alternativas NoSQL, com a possibilidade de uso do Hadoop, MongoDB e Redis a partir da nuvem da Microsoft.

A adoção de containers para a execução dos mais diferentes tipos softwares tem crescido consideravelmente, com a Microsoft não estando alheia a tal tendência. É importante destacar que diversas tecnologias (incluindo algumas aqui citadas, como por exemplo o MongoDB) podem ser utilizadas no Azure por meio de containers Docker, em conjunto com máquinas virtuais Linux.

E como o assunto hoje é Microsoft Azure, uma boa fonte para a obtenção de mais informações sobre esta plataforma está no portal de cloud computing do TechNet Wiki:

http://social.technet.microsoft.com/wiki/pt-br/contents/articles/10182.wiki.aspx

A seguir estão ainda alguns artigos abordando algumas das tecnologias mencionadas por este post:

Application Insights: Guia de Sobrevivência
http://social.technet.microsoft.com/wiki/pt-br/contents/articles/34859.application-insights-guia-de-sobrevivencia.aspx

ASP.NET Core 1.0: deployment no Azure App Service
http://social.technet.microsoft.com/wiki/pt-br/contents/articles/34870.asp-net-core-1-0-deployment-no-azure-app-service.aspx

PHP no Azure: Criando uma aplicação com MySQL
http://social.technet.microsoft.com/wiki/pt-br/contents/articles/34524.php-no-azure-criando-uma-aplicacao-com-mysql.aspx

E por hoje é isso… Até a próxima!

   

Wiki Ninja Renato Groffe (Wiki, Facebook, LinkedIn, MSDN)

Comments (1)

  1. Renato!
    Bacana saber que o Azure está suportando múltiplas plataformas
    Ótimo post
    Abs

Skip to main content