Otimizando seu Active Directory com OMS (Microsoft Operations Management Suite)


Hoje vamos falar um pouco sobre um dos muitos Solutions Packs do OMS (Operations Management Suite), o AD Assessment.

Para quem não sabe o que é OMS, sugiro a rápida leitura do post “O que é OMS (Microsoft Operations Management Suite)”

Um Solution Pack é um conjunto de lógicas, visualizações e regras de aquisição de dados que Microsoft disponibiliza no OMS. Para utilizar um Solution Pack, basta ir na galeria de soluções, escolher um Solution Pack e clicar em “Add”. Bem simples mesmo.

 

Add Solution

 

O Solution Pack de AD Assessment veio para otimizar seu ambiente de Active Directory, dando literalmente recomendações (“conselhos”) de melhoria do ambiente.

Mas de onde vem estes “conselhos”? Simples: da imensa base de dados de conhecimento criada pelos nossos engenheiros depois de longos trabalhos de campo e visitas a clientes. Isto mesmo, no final do dia, são recomendações do time de engenharia sobre seu ambiente!

A título de curiosidade: o próprio OMS originou-se do antigo System Center Advisor, que antes era uma instalação on-premisses, que depois foi para um serviço da nuvem e que hoje então se tornou o OMS que conhecemos. Acesse o antigo site do System Center Advisor e veja para onde ele redireciona hoje 🙂 https://www.systemcenteradvisor.com/

 

O que vem neste Solution Pack?

Depois de adicionado o Solution Pack de AD Assessment na galeria de soluções e esperado algumas horas, o dashboard inicial do OMS já mostra um sumário executivo:

Ad Assessment1

Clicando sobre este sumário, é apresentado as mais relevantes recomendações que podem ser feitas no seu ambiente, segundo 4 grandes grupos:
1. Segurança e Compliance

2. Disponibilidade e Continuidade de negócio

3. Performance e Escalabilidade

4. Upgrade, Migração e Deployment

 

Ad Assessment2

Interessante notar que não são todas as recomendações existentes que são listadas neste dashboard. Ele lista somente as mais relevantes segundo um peso. Este peso é calculado sobre 3 fatores:

  1. Facilidade de execução da recomendação.
  2. Probabilidade que a não execução da recomendação se torne um problema.
  3. Caso o problema se torne realidade, qual o impacto no ambiente.

Ou seja, pare um tempo para ver estas recomendações pois, ou são realmente de muito fácil resolução, ou são realmente perigosas.
Clicando mais uma vez, você tem uma visualização mais detalhada da recomendação, com a sugestão de ação, como foi calculada a prioridade, os objetos afetados, qual o problema que pode acontecer se eu negligenciar esta recomendação e uma seção de referências.

 

Ad Assessment3

 

Gostou? Por que não testar gratuitamente? Como mencionei no post anterior, a Microsoft disponibiliza um tier Free do OMS que garante subir até 500 MB por dia e fazer análises de até 7 dias. Basta entrar em www.microsoft.com/oms e clicar em “Teste Gratuitamente”.

 

testeGratis

 

Um abraço!
Marcos

Comments (0)

Skip to main content