Privacidade e o Windows 10

No mundo conectado de hoje, manter a nossa privacidade é um tema extremamente importante para cada um de nós, portanto, as perguntas são bem-vindas e também o feedback que recebemos desde que o Windows 10 foi lançado.

Confiança é o pilar central da nossa visão de computação mais pessoal, e sabemos que temos a ganhar. Temos tido tempo para expandir a documentação sobre a nossa abordagem hoje com este blog, e novos conteúdos, estamos postando hoje para consumidores e Profissionais de TI, projetado para complementar o nosso One Microsoft Privacy Policy. Estamos ansiosos para a próxima rodada de perguntas e comentários sobre estes novos postings. Posso garantir que nenhuma outra empresa está mais comprometida, mais transparente e escutando nossos clientes sobre esse importante tema que estamos discutindo hoje.

Desde o início, nós projetamos o Windows 10 com dois simples princípios de privacidade em mente:

    • O Windows 10 recolhe informações para que o produto funcione melhor para você.
    • Você está no controle com a capacidade de determinar quais informações são coletadas.

Com o Windows 10, as informações que coletamos são criptografadas em trânsito para os nossos servidores e, em seguida, armazenados em instalações seguras. Consideramos os dados que coletamos e os que não coletamos e os classificamos em 3 níveis:

1. Segurança e confiabilidade dos dados


Recolhemos uma quantidade limitada de informação para nos ajudar a oferecer uma experiência segura e confiável. Isso inclui dados como um ID anônimo do dispositivo, tipo de dispositivo, e a quando um aplicativo tem seu crash, coletamos os dados para que a Microsoft e seus parceiros desenvolvedores usem estes dados (o porquê do crash) continuamente a fim de aumentar a confiabilidade dos aplicativos. Isso não inclui qualquer de seu conteúdo ou arquivos pessoais, e nós tomamos várias medidas para evitar cobrança de qualquer informação que diretamente possa identifica-lo, como seu nome, endereço de e-mail ou ID de conta.

Um ótimo exemplo de como esses dados foram utilizados de forma eficaz foi apenas no último mês, quando os dados agregados nos mostraram que uma determinada versão de um driver de gráficos estava falhando em alguns PCs Windows 10, então causava uma reinicialização. Este driver não era amplamente utilizado, mas ainda assim o problema impactou os clientes. Nós imediatamente entramos em contato com o parceiro que constrói o driver, trabalhamos juntos para que  a correção no Windows fosse iniciada no prazo de 24 horas. Nós usamos os dados dos dispositivos dos participantes do programa Insiders' para confirmar que o problema foi resolvido, e, em seguida, distribuímos a corretivo (Fix) para o grande público através de uma atualização do dia seguinte – all in all –  esses dados nos ajudaram a encontrar, corrigir e resolver um problema significativo no prazo de 48 horas.

Em nossas atualizações corporativas, a Microsoft, um pouco mais tarde este ano permitirá aos clientes corporativos a opção para desativar esta telemetria, mas nós recomendamos fortemente contra isso.

 

2. Dados de personalização


Devemos aspirar e oferecer uma experiência do Windows personalizado para você, quais as vantagens de saber algumas coisas sobre você a personalizar a sua experiência, como, por exemplo, saber se você é um fã e torcedor do Seattle Seahawks ou do Real Madrid, de modo a lhe proporcionar as atualizações do jogo e pontuações ou recomendar aplicativos para que você possa desfrutar e lembrar as palavras comuns que você digite em conversas por mensagens de texto para lhe fornecer convenientes sugestões de texto. Você está no controle das informações que recolhemos para estes fins e pode atualizar suas configurações a qualquer momento. Observe que, com novas funcionalidades, tais como Cortana que necessitam de mais informações pessoais para fornecer a experiência completa, você será perguntado se você deseja ativá-los e lhe serão dadas mais opções  de privacidade e de personalização.

 

3. Os dados que coletamos não são usados para publicidade


Ao contrário de algumas outras plataformas, que não importa quais são as suas opções de privacidade que você escolher, nem o Windows 10 nem qualquer outro software Microsoft digitaliza o conteúdo do seu e-mail ou outras comunicações, ou mesmo os seus arquivos, a fim de fornecer publicidade direcionada para você.

 

O seu Feedback é realmente que faz a diferença

Ouvir o seu feedback tem sido a fundação do Windows 10, e o feedback sobre a privacidade não é uma exceção. Do nosso programa de Insiders, temos uma secção de privacidade em nosso Feedback do Windows app, para que possamos ter um diálogo aprofundado sobre nossa política de privacidade. Como um exemplo de resposta direta ao feedback que recebemos, em todos os recursos do Windows 10, os clientes irão receber a próxima atualização de recursos da família, com as configurações padrão projetadas para ser mais adequada para os adolescentes, em comparação com as crianças menores. Além disso, estamos trabalhando em maneiras de melhorar ainda mais as notificações aos pais sobre relatórios de atividades no Windows. Além disso, vamos lançar atualizações para clientes corporativos com base no seu feedback mais tarde ainda este ano. Esta colaboração com os Insiders é inestimável para a nossa equipe, e nós continuamos a acolher quem deseja trabalhar conosco  sobre o futuro do Windows 10 e pode se inscrever aqui neste link.

Se você alguma vez encontrar uma situação em que nosso software não está se comportando da maneira que deve com as suas configurações de privacidade, por favor nos informe neste link. Como segurança, estamos empenhados em acompanhar todos os problemas relatados, sondar continuamente nosso software com principais técnicas de ponta e atualizar proativamente os dispositivos compatíveis com as atualizações necessárias.

Nós realmente apreciamos um diálogo rico em comentários a fim de tornar o Windows 10 melhor para todos nós. Vamos continuar a ouvir e responder, para ganhar sua confiança.

Obrigado.

Terry Myerson 


Fonte: http://blogs.windows.com/windowsexperience/2015/09/28/privacy-and-windows-10/