Séries Trustworthy Cloud: Gerenciando operações seguras na nuvem

Por  Adrienne Hall Gerente Geral, Computação Confiável 

Não é muito incomum escutar das organizações de todos os tamanhos – desde pequenas startups até grandes empresas que citam benefícios, tais como escalabilidade e redução de custos como razões para se mudarem para a nuvem. A computação em nuvem pode também liberar recursos permitindo que as organizações se concentrem mais em seu core business. No entanto, quando se trata de escolher um provedor de serviços de computação em nuvem, como é que você vai decidir a quem confiar suas informações confidenciais? Muitas organizações querem garantias de que seu fornecedor de serviços de computação em nuvem vá manter os recursos e dados da organização privada e segura. Eles querem um provedor que tenha profunda consciência da paisagem  de cibersegurança, e é capaz de responder imediatamente às ameaças que possam surgir, e, por fim, desejam que seu fornecedor  de confiança que fará o que for preciso para oferecer uma experiência privada e segura na nuvem, em conformidade com as normas. Este blog e o vídeo iniciam  uma nova série com várias partes que se concentra em como a Microsoft trabalha para proporcionar os serviços de computação em nuvem o mais confiável possível.

A Microsoft, que tem rígidas políticas e procedimentos operacionais para proteger as informações dos clientes. Para os nossos serviços de computação em nuvem, que utilizam a framework do Operational Security Assurance (OSA), que detalha a nossa abordagem a controles de segurança, tais como análise de vulnerabilidade, gerenciamento de patches, criptografia e muito mais. É um quadro destinado a desenvolver constantemente nossas práticas operacionais de segurança em nuvem para acompanhar as mudanças no cenário de ameaças.

Os clientes da Microsoft se beneficiam da OSA em um número de maneiras. Por exemplo, essa abordagem ajuda a garantir que nossa infraestrutura é mais resistente ao ataque diminuindo a quantidade de tempo necessário para prevenir, detectar e responder às ameaças de segurança,  reais e potenciais baseadas na Internet, aumentando assim a segurança dos serviços para os clientes.

Para saber mais sobre a OSA e como ele ajuda a manter os serviços de computação em nuvem da Microsoft mais seguro, veja o video de  Diane McDade, diretor sênior de gerenciamento de políticas, e Mike Reavey, gerente geral de operações seguras, Trustworth Cloud Computing discutindo o OSA framework.

Video: https://www.youtube.com/watch?v=kVI7LLsvs_8 

 [View:https://www.youtube.com/watch?v=kVI7LLsvs_8:0:0]

Para obter informações adicionais sobre a OSA framework, leia o whitepaper.

Original: http://blogs.microsoft.com/cybertrust/2014/10/01/trustworthy-cloud-series-managing-secure-cloud-operations