5 Minutos com Dele Akinsade


Publicado pelo Editor

Dele assumiu recentemente o cargo de Chefe do Grupo Comercial de Servidor e Ferramentas para a África ao Sul do Sara. Anteriormente, era o Chefe de Evangelismo de Plataforma de Desenvolvedores para a África ao Sul do Sara. Aqui, ele partilha os seus pensamentos sobre a vida, a África e por que ele ama o seu trabalho.

 Há quanto tempo está na Microsoft?

Estou na Microsoft há 13 anos! Esta é a minha sétima função na empresa. As minhas funções anteriores espalharam-se através do nosso Grupo de Serviços, Grupo de Empresas e Grupo Comercial.

Em primeiro lugar, pode dizer-nos o que é realmente o Grupo Comercial de Servidores e Ferramentas – o que significa e por que é relevante na África?

O Grupo de Servidores e Ferramentas da Microsoft desenvolve, comercializa e apoia software e serviços concebidos para auxiliar as empresas a serem mais produtivas a todos os níveis – desde o indivíduo, à equipe, até toda a organização. Os produtos que se enquadram neste âmbito incluem tecnologias como Windows Server, Windows Azure, SQL Server, System Center as nossas Ferramentas de Desenvolvimento (Visual Studio) e Windows Intune. Embora cada um desses produtos desempenhe papéis diferentes para os clientes, as características comuns entre os produtos garantem que os clientes tenham uma experiência consistente ao utilizar os produtos com o resultado final sendo um aumento na eficiência dos recursos. Com mais empresas Africanas querendo aumentar a sua competitividade e mais empresas investindo em África, ser eficaz e simplificado continua a ser uma prioridade para os intervenientes das empresas. Para as PMEs e empresas Africanas que não se podem permitir a implementar infra-estrutura de TI, a mudança para nuvem é especialmente vantajosa.

Quais são os seus objectivos como Chefe de Servidor e Ferramentas?

O meu objectivo é fornecer soluções económicas aos nossos clientes para incentivar a adopção dos nossos produtos, e para trazer a nuvem às empresas da África ao Sul do Sara. 

O que destacaria de servir como Director de Plataformas de Desenvolvedor da África ao Sul do Sara e Ilhas do Oceano Índico? Quanto tempo esteve nesta função?

Eu estive nessa função durante dois anos e meio. É difícil destacar um ponto saliente pois existiram muitos. Os maiores foram definitivamente proporcionar aos estudantes, iniciadores e desenvolvedores as oportunidades de acesso a um mercado global, e observar o impacto que temos no continente, especialmente no campo académico. Viajar para tantos países Africanos diferentes e ter a oportunidade de interagir com alguns dos desenvolvedores mais brilhantes em África também é definitivamente algo que eu estou grato por ter a oportunidade de fazer! Além disso, a parceria com a iniciativa 4Afrika fez com que o nosso impacto permanecesse a longo prazo pois somos considerados maiores como consultor estratégico sobre este tema.

Ainda faz algum trabalho na área de desenvolvimento?

Sim, faço. Na minha função actual, ainda faço algumas coisas que fiz na minha função anterior como Desenvolvedor e Evangelista de Plataforma. Mas agora trabalho mais directamente com as empresas e negócios quando se trata de usar aplicativos e alavancar a nuvem, em vez de directamente para os desenvolvedores como fiz no passado. Também tenho mais interacções com os Profissionais de TI pois no nosso mercado eles por vezes também usam o chapéu de desenvolvedor bem como a advocacia da nuvem através da nossa plataforma Windows Azure.

O que implica a sua nova função?

Como Director do Grupo Comercial de Servidor e Ferramentas para a África ao Sul do Sara, sou responsável pela comercialização, vendas e estratégia de implementação dos nossos produtos, para empresas, e pequenos e médios clientes. Estou realmente animado por trabalhar com os nossos clientes de PME, porque eles são o futuro do crescimento económico e desenvolvimento do continente. São responsáveis ??por 50% do emprego em África e adicionam 20% ao seu PIB colectivo. Estas empresas enfrentam um conjunto único de desafios e parte do meu papel será os auxiliar a encontrar as melhores soluções possíveis.

O que estudou, e porquê?

O meu primeiro interesse foi estudar Medicina, mas mudei a minha licenciatura e estudei Ciência de Informática. Sempre estive interessado nas ciências – tanto ciências naturais como ciências físicas. Adorava dispositivos e ferramentas e tinha paixão por software. Por isso, parecia ser a melhor opção para mim!

 Qual a primeira peça de tecnologia que você possuiu?

Uma consola de TV de jogos de vídeo.

Quais são os seus passatempos?

Adoro viajar, adoro desportos de todos os tipos, e adoro cantar. Os meus principais desportos são Golfe, Basquetebol, Futebol Americano e Futebol. Tenho paixão pelos Washington Wizards, Redskins e Arsenal J

Qual é a sua filosofia da vida?

Uma das coisas em que sempre acreditei é que ninguém nos vai dar nada na vida. Devemos ir e agarrar! Acredito em ser muito independente, acreditar em si mesmo e ir e obter aquilo de que necessitamos para ser felizes/bem-sucedidos.

Por que é que ama a África?

Eu nasci nos EUA e passei a maior parte da minha vida nos EUA. Ambos os meus pais são da Nigéria e sempre me senti atraído pelo país devido à minha herança. Sempre fiquei fascinado pelas vastas oportunidades em África. A minha mudança para a Nigéria é a minha maneira de "devolver" ao país e ao continente de que sou tão orgulhoso. É por isso que eu realmente gosto do aspecto de viagem do meu trabalho, pois apercebo-me da diversidade que compõe a África, e tenho a oportunidade de partilhar os meus conhecimentos e experiência com pessoas de diversos países.


Comments (0)