Mobilidade para desenvolvimento em África


Por Fernando de Sousa, Director Geral de Iniciativas em África na Microsoft
 

África possui algumas das taxas de penetração de telemóveis de maior crescimento no Mundo. Com um sector de telecomunicações liberalizado e aumento de serviços acessíveis, a penetração de telemóveis na África ao Sul do Sara só por si aumentou 44% desde 2000, de acordo com a GSM Association (GSMA). Como resultado, uma grande parte da inovação tecnológica actual em África ocorre em plataformas portáteis. Se bem que permaneçam algumas lacunas de infra-estruturas, os Africanos são conhecedores de tecnologia móvel e estão ansiosos por usar dispositivos da melhor qualidade. Ao mesmo tempo, África está a tornar-se uma produtora de tecnologia e já sob o estandarte da 4Afrika, observámos mais de 100 aplicativos para Windows Phone sendo criados mensalmente no continente.

No mês passado , fui convidado para falar na conferência de Mobilidade para Desenvolvimento da GSMA na Cidade do Cabo. Este tópico de mobilidade para desenvolvimento em África é do meu interesse particular e está em linha com os objectivos da nossa Iniciativa 4Afrika. A minha mensagem: Um telefone económico só por si não basta. Cremos que o foco deve assentar em fornecer aos Africanos acesso económico e sólido a aplicativos ou serviços que lhes permitam de fazer negócios, aprender e aumentar os seus negócios em modos que produzam crescimento económico e, eventualmente, melhor qualidade de vida.

Para ler mais sobre como a mobilidade pode ser um catalisador do crescimento económico faça clique aqui.

Comments (0)