O Project Server é uma ferramenta sensível a performance


bebe_lendoQuando planejamos a instalação e configuração do Project Server, geralmente gostaríamos de endereçar inúmeros requisitos de negócio, que irão facilitar os processos e dar maior agilidade a nossa empresa. Só que em muitas das vezes que o fazemos, não levamos em consideração as limitações de um produto, ou para que aquele produto foi concebido, alterando assim a sua finalidade.

Como o nosso assunto aqui é relacionado a desempenho, vamos salientar os principais problemas, e quais cuidados devemos ter para, se não sana-los, tentar reduzi-los.

Primeiro passo: devermos determinar qual o tamanho que nossa implementação chegará, isso é deveras simples, pois existem parâmetros específicos que podem ser consultados neste artigo: Como os conjuntos de dados afetam o desempenho e a capacidade no Project Server 2013

Segundo passo: após determinar o tamanho de nosso armazenamento, agora podemos determinar qual o tamanho de nossa Farm, e qual hardware é necessário para suporta-la: Recomendações de hardware de capacidade e desempenho para o Project Server 2013

Terceiro passo: como agora temos em mente o nosso tamanho de armazenamento e qual o tamanho do hardware que utilizaremos, geralmente isso não é suficiente, pois o processo da companhia determinará como este Project funcionará, então precisamos ficar atentos as suas limitações e o que provocará problemas de performance, para isso outro artigo nos ajudará muito: Otimizar o desempenho no Project Server 2013

Quarto passo: agora se temos um ambiente que já está problemático, este artigo pode nos ajudar a determinar onde está o problema: Resolvendo problemas de desempenho no Project Server 2013

Comments (0)

Skip to main content